terça-feira, 18 de novembro de 2008

Sintomas básicos para o diagnóstico da depressão

1. Baixa de energia – Sensação de cansaço, preguiça, lentidão física e psíquica, apatia, desânimo, fadiga principalmente pela manhã, vontade de ficar na cama, procrastinação.

2. Diminuição do humor – tristeza, variação do humor, sensação de vazio, angústia, mau humor,.

3. Diminuição do prazer – Desmotivação, por atividades antes prazerosas, isolamento social (não quer sair de casa).

4. Prejuízo cognitivo - Dificuldade de concentração, impacto na memória e raciocínio (diminui a produtividade intelectual), desorganização.

5. Pensamentos negativos – pessimismo, indiferença, sentimento de inutilidade, pensar em doenças, fracasso, culpas, falta de sentido na vida, pensamentos de morte, “vontade de sumir”, desesperança, distorção na estimação dos fatos (superestimar ou subestimar), excesso de preocupações.

6. Sentimentos negativos – insegurança, medos, autodesvalorização, sentimento de inutilidade, ansiedade (nervosismo), irritabilidade, impaciência, agressividade, pavio curto, choro mais fácil ou choro preso (não consegue chorar).

7. Alterações do sono – Insônia, que pode ser inicial, despertares freqüentes, acordar muito cedo e não dormir mais (idoso), mal dormir, acorda cansado ou sonolência diurna. Dormir muito tarde e acorda tarde (adolescente).

8. Alterações do apetite – Diminuição do apetite com perda de peso ou compulsão alimentar com ganho de peso. Atração por doces (chocolates).

9. Dores – dor de cabeça, nas costas, nas pernas, dor no peito (angústia), dores musculares (LER, fibromialgia), dor e tensão nos ombros e na nuca, dores em geral.

10. Queixas físicas – “agonia” na cabeça, queda de cabelo, sintomas digestivos (prisão de ventre, azia, indigestão, gases), alterações menstruais (TPM), diminuição da libido, “dormências”.

2 comentários:

Cristina Piancó disse...

Olá Dr.Fábio, agredeço a Deus por ter conhecido um ser humano especial, que sabe lidar com os outros seres humanos com problemas emocionais. O Sr. não está nessa profissão por acaso, esse texto fala exatamente, tudo o que sinto. Muito Obrigada pela a ajuda psicológica e emocional. Espero que continue com essa maravilhoso blog, para tirar um pouco do preconceito das pessoas com poucas informações. Um abraço iluminado, Deus te abençõe sempre! Yêmar Piancó.

***Lucineide*** disse...

Olá Doutor..hoje me encontro numa situação onde me vejo com todas estas caracterísiticas citadas de depressão..Existe um foco..problemas no trabalho..oque faço para sair desta..? não tenho mais vontade de trabalhar de fazer oque tanto gostava..me ajude..
lucineide